Vamos conversar

Notícias -Feb 14, 2024

Exemplos de SMED: guia passo a passo abrangente

Photo by the author

SimpliRoute

Logística

Indústria

Distribuição

Se estiver à procura de exemplos de SMED, neste guia passo a passo abrangente, forneceremos todas as informações necessárias para começar. Além disso, daremos algumas dicas para tornar o processo o mais fácil possível.

Exemplos de SMED: guia passo a passo abrangente

Se estiver à procura de exemplos de SMED, neste guia passo a passo abrangente, forneceremos todas as informações necessárias para começar. Além disso, daremos algumas dicas para tornar o processo o mais fácil possível.

Nesta postagem do blog, abordamos exemplos de SMED e como concluir as etapas correspondentes.

Este guia abrangente orientará você em cada etapa para que possa compreender e implementar o SMED em seu próprio local de trabalho. Comecemos!

O que é SMED

SMED, ou Single-Minute Exchange of Die, é uma técnica de fabricação criada por Shigeo Shingo que ajuda a reduzir o tempo de inatividade e melhorar a eficiência.

O objetivo do SMED é minimizar o tempo necessário para mudar de um produto para outro.

Para fazer isso, o SMED concentra-se em duas áreas principais: reduzir o número total de etapas no processo de mudança e reduzir o tempo necessário para cada etapa individual.

Ao simplificar o processo de mudança, a SMED pode ajudar os fabricantes a aumentar a produtividade e a melhorar a rentabilidade.

Por que o SMED é importante

Num ambiente de produção, o tempo é muitas vezes essencial.

O objetivo é fabricar produtos da forma mais rápida e eficiente possível, sem sacrificar a qualidade.

Uma forma de atingir esse objetivo é aplicar o sistema SMED (Single-Minute Exchange of Die).

Isto envolve projetar um processo onde a matriz possa ser trocada de forma rápida e fácil, com tempo de inatividade mínimo.

Em muitos casos, isto pode ser conseguido através da utilização de dispositivos de troca rápida e da padronização das ferramentas e componentes utilizados.

Ao reduzir o tempo necessário para trocar a matriz, o SMED pode ajudar a aumentar a produtividade e reduzir custos.

No mercado competitivo de hoje, todas as vantagens contam e o SMED pode ser uma ferramenta valiosa para alcançar o sucesso.

Como funciona o SMED

A técnica SMED consiste em várias etapas:

  • Observação: O primeiro passo é identificar todas as atividades que precisam ser realizadas. Desta forma, entende-se todo o processo e sabe-se o tempo investido nele.

  • Separação de atividades internas e externas: Essas atividades são então agrupadas em duas categorias: internas e externas. As atividades externas são aquelas que podem ser realizadas com a máquina em funcionamento, enquanto as atividades internas exigem a parada da máquina.

  • Converter atividades internas em externas Agora que você identificou as atividades externas e internas, é hora de analisar quais atividades internas você pode converter em externas.

  • Otimizar operações Verifique o que você pode melhorar para reduzir ao máximo os tempos.

  • Padronize o novo processo Agora só falta padronizar o novo processo, documentando-o com diagramas ou gravações de vídeo.

Exemplos de aplicações SMED

O SMED pode ser aplicado a qualquer processo de fabricação onde seja necessário reduzir o tempo de troca entre produtos.

Alguns exemplos de aplicações SMED são:

1. Linhas de montagem de automóveis

2. Produção de alimentos e bebidas

3. Fabricação de produtos farmacêuticos

4. Montagem de produtos eletrônicos

5. Produção têxtil

Passos para implementar o SMED em uma empresa

Existem alguns passos que você pode seguir para implementar o SMED na empresa:

1. Realizar um estudo de viabilidade: Isso o ajudará a determinar se o SMED é adequado para a empresa e para o processo.

2. Treinar os funcionários: É importante treinar os funcionários sobre o sistema SMED e como utilizá-lo.

3. Implementar procedimentos de mudança.

4. Medir e controlar: Meça e monitore o processo para ter certeza de que está funcionando corretamente.

5. Faça ajustes: Faça os ajustes necessários para melhorar o processo.

Vantagens da implementação SMED

A implementação do SMED numa empresa apresenta diversas vantagens:

1. Maior eficiência e produtividade: o SMED pode ajudar a melhorar a eficiência e a produtividade, reduzindo o tempo de troca.

2. Redução de custos: o SMED pode ajudar a reduzir custos à medida que aumenta a produtividade.

3. Melhoria da qualidade: o SMED pode ajudar a melhorar a qualidade, reduzindo a possibilidade de erros.

4. Maior flexibilidade: o SMED pode ajudar a aumentar a flexibilidade, permitindo mudanças rápidas entre produtos.

Isto é especialmente útil para mudanças na demanda do produto.

Poderá estar interessado em

Logística em Eventos: O que Deves Ter em Conta
NOTÍCIAS

Logística em Eventos: O que Deves Ter em Conta

Ao organizar um evento, muitos detalhes são meticulosamente planejados e coordenados para garantir o sucesso. A logística do evento é uma das áreas críticas que às vezes passa despercebida, mas pode tornar um evento memorável.

Apr 9, 2024

Processo de distribuição: Como otimizá-lo
NOTÍCIAS

Processo de distribuição: Como otimizá-lo

Para garantir a fluidez e eficiência no transporte de mercadorias e materiais, é essencial otimizar o processo de distribuição. Existem várias maneiras de otimizar esse processo, e cada uma delas traz diferentes benefícios para o empregador.

Apr 9, 2024