Vamos conversar

Notícias -Jan 8, 2024

Incoterms: O Que são, Classificação e Tipos

Photo by the author

SimpliRoute

Logística

Indústria

Distribuição

Se você trabalha no setor de comércio exterior, provavelmente já ouviu falar no termo 'Incoterms'. Mas afinal, o que são? E o mais importante, o que isso significa para o seu negócio? Neste artigo, vamos explicar a definição dos Incoterms, sua classificação e tipos. Portanto, se você tem interesse em saber mais sobre os Incoterms, continue lendo!

Incoterms: O Que são, Classificação e Tipos

Os Incoterms são um conjunto de termos comerciais padrão usados no comércio internacional.

Os Incoterms definem as responsabilidades dos exportadores e importadores na organização dos envios e na transferência de responsabilidades envolvidas nas várias fases da transação.

É importante conhecer os Incoterms ao organizar uma remessa internacional, pois eles podem ajudar a evitar qualquer confusão ou mal-entendido sobre quem é responsável por quê durante todo o processo.

O uso correto dos Incoterms pode ajudar a garantir um processo de comércio internacional tranquilo e eficiente.

O que são Incoterms?

Incoterms são um conjunto de regras internacionais utilizadas para o comércio internacional.

O objetivo dos Incoterms é proporcionar uniformidade e clareza na interpretação e aplicação de vários termos contratuais entre compradores e vendedores, particularmente no que diz respeito à entrega de mercadorias de uma parte para outra.

Os Incoterms ajudam a minimizar mal-entendidos e disputas, fornecendo um conjunto de regras acordadas para ambas as partes.

Classificação dos Incoterms

Existem quatro categorias principais de Incoterms: Grupo E, Grupo F, Grupo C e Grupo D.

Cada grupo tem seu próprio conjunto de termos que determinam quem é responsável pelos vários aspectos da transação, como entrega, seguro e desembaraço aduaneiro.

O Grupo E é o mais simples; O vendedor limita-se a entregar a mercadoria nas suas instalações e o comprador cuida de todo o resto.

O Grupo F é um pouco mais complicado; O vendedor deve entregar a mercadoria em local designado, mas o comprador é responsável pelos custos associados ao transporte primário.

O Grupo C é onde as coisas começam a ficar realmente complicadas; Neste grupo, o vendedor não só deve entregar a mercadoria em local designado, mas também é responsável pelo pagamento do transporte principal.

Finalmente, o Grupo D é o mais complexo; Neste grupo, o vendedor deve cuidar de tudo até a entrega da mercadoria.

Como você pode ver, é essencial entender quais Incoterms se aplicam à sua transação antes de concordar com qualquer coisa.

Tipos de Incoterms

Dentro dessas quatro categorias, existem 11 tipos diferentes de Incoterms utilizados para transações comerciais internacionais.

Esses incluem:

Grupo E

- Ex Works – Ex Works (EXW): O vendedor não se responsabiliza por quaisquer custos de transporte ou seguro, mas deve disponibilizar a mercadoria ao comprador na fábrica ou depósito do vendedor.

Grupo F

- Free Carrier - Free Carrier (FCA): O vendedor é responsável por entregar a mercadoria em uma transportadora designada, em local acordado com o comprador, arcando com os custos até que a mercadoria chegue ao local selecionado.

- Free Alongside Ship (FAS): O vendedor entrega a mercadoria ao lado do navio no porto de carregamento acordado.

- Free on Board – Free on Board (FOB): O vendedor é responsável pelo carregamento e entrega da mercadoria no porto e a bordo do navio designado pelo comprador.

Grupo C

- Custo e Frete (CFR): O vendedor paga todos os custos associados à entrega da mercadoria em um porto designado, mas não ao descarregamento no destino.

- Custo, Seguro e Frete – CIF: Significa que o vendedor arca com os custos de transporte e seguro até que a mercadoria chegue ao porto de destino.

- CPT: O vendedor paga o transporte até a mercadoria chegar ao destino.

- CIP: O vendedor paga, além do frete, seguro até a chegada da mercadoria ao destino.

Grupo D

- DAT: Entregue no terminal. O vendedor arca com o custo do transporte da mercadoria até o terminal indicado no porto ou local de destino indicado.

- DAP: Entregue no local. O vendedor paga o custo do transporte da mercadoria até o local de entrega acordado.

- DDP - Direitos Entregues Pagos. O vendedor arca com todos os custos e riscos envolvidos no transporte da mercadoria ao destino final. Neste caso, os direitos de importação estão incluídos no preço de compra.

Como usar Incoterms em transações comerciais internacionais

Para utilizar corretamente os Incoterms nas transações comerciais internacionais, é importante compreender as diversas responsabilidades de cada parte.

Também é importante escolher um termo apropriado ou uma combinação de termos, dependendo da natureza da transação e dos bens comercializados.

Por exemplo, se um comprador quiser assumir a responsabilidade por todos os custos associados ao transporte e seguro, pode escolher um Incoterm como FCA ou EXW.

Alternativamente, se um vendedor quiser assumir a responsabilidade por todos os custos relacionados com entrega e seguro, pode escolher um Incoterm como DDP ou CIF.

Os benefícios da utilização dos Incoterms no comércio internacional

Utilizar o Incoterm correto em uma transação comercial pode trazer diversos benefícios tanto para compradores quanto para vendedores.

Esses incluem:

- Compreensão e expectativas claras das responsabilidades de todas as partes envolvidas

- Chance reduzida de mal-entendidos ou disputas

- Processo de transporte mais eficiente e rentável

- Melhor comunicação entre parceiros de negócios

- Maior conformidade com as leis e regulamentos do comércio internacional

Os riscos associados ao uso dos Incoterms no comércio internacional

Usar o Incoterm errado em uma transação comercial também pode causar dificuldades.

Esses incluem:

- Falta de clareza entre as responsabilidades do comprador e do vendedor, levando a mal-entendidos ou disputas

- Perdas financeiras devido à interpretação ou aplicação incorreta dos termos

- Atrasos na entrega devido a mal-entendidos dos termos e condições

Concluindo, os Incoterms desempenham um papel importante nas transações comerciais internacionais.

É essencial que compradores e vendedores compreendam adequadamente cada termo e as responsabilidades associadas antes de celebrar um contrato.

Melhore as entregas da sua empresa com o software SimpliRoute

Se você está procurando uma forma de otimizar as entregas da sua empresa, considere o software de otimização de rotas da SimpliRoute.

Este tipo de software foi desenvolvido para ajudar as empresas a encontrar a forma mais eficiente de entregar bens ou serviços.

Com o SimpliRoute você pode melhorar os prazos de entrega e reduzir custos.

Além disso, você aumenta a satisfação do cliente.

Com um software de otimização de rotas você sabe em tempo real a localização da sua frota e o estado dos despachos, permitindo adicionar ou excluir visitas, ou reordená-las de acordo com o que surgir.

Aproveite ao máximo sua frota enquanto reduz custos e aumenta a eficiência com SimpliRoute!

Poderá estar interessado em

Transporte Multimodal: O que é e exemplos
NOTÍCIAS

Transporte Multimodal: O que é e exemplos

O transporte multimodal, como o próprio nome indica, é a logística de transporte de mercadorias que envolve diversos modos de traslado.

Jun 11, 2024

Distribuição por Produto: Guia Completo
NOTÍCIAS

Distribuição por Produto: Guia Completo

No mundo empresarial atual, encontrar formas eficientes de produzir bens e serviços é fundamental para manter a competitividade. Uma estratégia que se mostrou especialmente eficaz nesse sentido é a distribuição por produto. Mas, o que é exatamente e como pode beneficiar seu negócio? Neste artigo, exploraremos em profundidade essa estratégia de produção.

Jun 11, 2024