Vamos conversar

Notícias -Jan 30, 2024

Indicadores de Estoque: Quais Deve Medir

Photo by the author

SimpliRoute

Logística

Indústria

Distribuição

Como proprietário, gerente ou supervisor de uma empresa, o controle de estoque é uma das tarefas mais importantes. É fundamental manter um registro detalhado de cada item em estoque e monitorá-lo constantemente. Para esse fim, é útil ter diversas métricas de estoque que você pode usar para medir a eficácia de seus esforços de gerenciamento de estoque. Mas o que são esses indicadores de estoque e por que são importantes? Vamos ver neste artigo.

Indicadores de Estoque: Quais Deve Medir

O estoque pode variar de matérias-primas a produtos acabados e muito mais.

A sua correta gestão não só afeta a eficiência e rentabilidade de uma empresa, mas também pode ser decisiva para a satisfação do cliente e, em última instância, para a sobrevivência do negócio.

No entanto, o gerenciamento de estoque pode se tornar um desafio.

Do controle de stocks à prevenção da obsolescência, é uma área cheia de perigos potenciais.

É aqui que entram os indicadores de estoque.

O que são indicadores de estoque?

Antes de aprofundar nos indicadores que você deve medir, é fundamental entender exatamente o que eles são.

Os indicadores de estoque, também conhecidos como KPIs de estoque (indicadores-chave de desempenho), permitem avaliar quão bem você gerencia seu estoque.

Os KPIs de inventário ajudam você a entender o desempenho do seu negócio e fornecem informações valiosas que você pode usar para fazer melhorias.

Por que os indicadores de estoque são importantes?

Ao medir e analisar esses indicadores, você será capaz de:

  • Identificar problemas e áreas de melhoria em sua cadeia de suprimentos.

  • Tomar decisões informadas sobre compras e produção.

  • Avaliar e otimizar a eficiência de suas operações de armazenamento.

  • Evitar falta de estoque, bem como excesso de estoque.

  • Melhorar a satisfação do cliente tendo sempre os produtos que eles precisam.

Dito isso, vejamos quais métricas de estoque você deve medir.

Indicadores de estoque que você deve medir

Giro de Estoque

O primeiro indicador de estoque que você deve medir é o giro de estoque.

Esse índice mostra quantas vezes um item foi vendido e substituído durante um período específico, geralmente um ano.

Alta rotatividade geralmente indica que os produtos estão vendendo bem.

Ao mesmo tempo, uma baixa rotatividade pode sugerir que você tem estoque demais ou que alguns produtos não estão vendendo tão bem quanto o esperado.

Para calcular o giro de estoque, você pode usar a seguinte fórmula:

\[ \text{Rotatividade de Estoque} = \frac{\text{Custo dos Produtos Vendidos (CPV)}}{\text{Estoque Médio}} \]

Onde:

CPV é o custo total das mercadorias vendidas durante o período.

Estoque médio é o valor médio do estoque durante o período.

Dias de Estoque

Esse KPI informa quantos dias, em média, um produto fica em estoque antes de ser vendido.

Se esse número for alto, pode indicar que você tem muito estoque ou que os produtos não estão sendo vendidos rapidamente.

Por outro lado, um número baixo pode sugerir que você está enfrentando problemas de falta de estoque.

Taxa de Obsolescência

Refere-se à quantidade de seu estoque que se tornou obsoleta ou invendável durante um determinado período.

Uma alta taxa de obsolescência pode ser um sinal de que você está comprando muito estoque ou que não está prevendo corretamente a demanda do produto.

Precisão da Previsão de Demanda

Esse indicador mostra a variação da demanda atual em relação às previsões.

Se esse número for alto, você está prevendo com precisão, o que pode ajudá-lo a evitar problemas de excesso ou falta de estoque.

No entanto, se esse número for baixo, pode ser um sinal de que você precisa melhorar seus métodos de previsão.

Valor do Estoque

É o valor total de todos os seus produtos em estoque.

Esse número lhe dará uma ideia do capital que você investiu no estoque.

Se o valor do seu estoque for muito alto, isso pode indicar que você está investindo muito dinheiro em ações e pode ser necessário pensar em maneiras de reduzir esse número.

Custo de Manutenção de Estoque

O custo de manutenção de estoque refere-se ao custo total de armazenamento de seus produtos.

Isso inclui custos de armazenamento, como aluguel de espaço, e custos associados à depreciação e obsolescência do produto.

Ficar de olho nesse indicador pode ajudar a identificar formas de reduzir custos de armazenamento e aumentar os lucros.

Taxa de Retorno

A Taxa de Devolução mede a quantidade de produtos vendidos que são devolvidos pelos clientes.

Esse KPI é especialmente relevante no e-commerce, onde as devoluções são bastante comuns.

O cálculo da taxa de devolução é feito dividindo a quantidade de produtos devolvidos pela quantidade total de produtos vendidos e depois multiplicando o resultado por 100 para obter um percentual.

Uma alta taxa de retorno pode indicar vários problemas.

Pode ser um sinal de que a qualidade dos produtos não corresponde às expectativas do cliente, que a descrição do produto é enganosa ou pouco clara, ou que o processo de envio está prejudicando os efeitos.

Esse KPI é útil para identificar oportunidades de melhoria no controle de qualidade, nas descrições dos produtos e nos processos de embalagem e envio.

Ao abordar essas áreas, a taxa de retorno pode ser reduzida, levando a uma maior satisfação do cliente e melhor lucratividade para o negócio.

Perguntas Frequentes

O que é um indicador de estoque?

Um indicador de estoque é uma métrica que ajuda a avaliar e monitorar o desempenho e a eficiência da gestão de estoque de uma empresa. Esses indicadores fornecem informações valiosas sobre o estado dos inventários e permitem a tomada de decisões informadas para otimizar as operações da cadeia de abastecimento.

Por que é essencial manter um nível adequado de estoque?

Manter um nível de estoque adequado é essencial para atender à demanda dos clientes, evitar rupturas de estoque, reduzir custos de armazenamento e minimizar o risco de obsolescência dos produtos. Isso permite também um melhor planejamento e controle da produção e das compras, o que se traduz em uma maior eficiência e rentabilidade do negócio.

Como posso melhorar meus indicadores de estoque?

É importante analisar periodicamente os dados e tomar medidas para otimizar o gerenciamento de estoque, visando melhorar suas métricas de estoque. Algumas estratégias incluem o ajuste dos níveis de inventário com base na demanda, a melhoria da precisão das previsões, a implementação de um sistema eficiente de gestão de inventário e o trabalho com fornecedores confiáveis para garantir uma cadeia de abastecimento forte.

É necessário mensurar todos os indicadores de estoque mencionados no artigo?

Não necessariamente. Dependendo da natureza do seu negócio e dos seus objetivos específicos, você pode medir apenas os indicadores de estoque mais relevantes e úteis para a sua situação. No entanto, é aconselhável monitorar pelo menos alguns dos principais indicadores mencionados no artigo para obter uma visão completa da gestão de estoques e tomar decisões informadas.

Com que frequência devo medir os indicadores de estoque?

A frequência com que você deve medir as métricas de estoque depende do seu negócio e das necessidades específicas. Algumas empresas podem precisar monitorar esses indicadores diariamente ou semanalmente, enquanto outras podem fazê-lo mensalmente ou trimestralmente. O importante é estabelecer uma rotina de monitoramento e análise que permita identificar tendências e fazer os ajustes necessários.

Posso usar um software de gestão de estoque para medir e analisar esses indicadores?

Muitos sistemas de gerenciamento de estoque incluem ferramentas e recursos que permitem medir e analisar métricas de estoque automaticamente. Esses sistemas também podem gerar relatórios e alertas para ajudá-lo a manter um controle eficiente de seus estoques e a tomar decisões informadas com base em dados precisos e atualizados.

Otimize suas rotas com o SimpliRoute

Estamos em uma era em que a eficiência é fundamental.

Você está em busca de maneiras para otimizar suas operações logísticas, reduzir custos e aumentar a satisfação do cliente?

O SimpliRoute tem a solução perfeita para você.

O SimpliRoute é mais do que apenas um software de otimização de rotas.

É uma ferramenta abrangente de gestão logística que permite que empresas de qualquer porte planejem, gerenciem e monitorem suas operações de entrega da forma mais eficaz e eficiente possível.

Com o SimpliRoute, você pode esquecer a dor de cabeça de planejar rotas e atribuir entregas.

O software utiliza algoritmos inteligentes para planejar automaticamente as rotas mais eficientes, levando em consideração variáveis como capacidade do veículo, jornada de trabalho e janelas de tempo do cliente.

Isso não apenas economiza tempo e reduz custos, mas também ajuda você a atender melhor seus clientes.

Além disso, o SimpliRoute oferece visibilidade completa de suas operações de entrega.

A interface de usuário intuitiva e fácil de usar permite monitorar suas entregas em tempo real, proporcionando uma visão clara de onde estão seus veículos, quais entregas estão programadas e quanto tempo seus motoristas levarão para completar suas rotas.

Mas isso não é tudo.

O SimpliRoute compreende que os dados são essenciais para tomar decisões informadas e melhorar as operações.

Portanto, o software oferece diversos KPIs para que você avalie o desempenho de seus escritórios.

Você poderá entender como estão funcionando suas rotas, identificar pontos de melhoria e agir com base em informações sólidas e precisas.

Então, não espere mais.

Se você procura uma forma de acelerar seus negócios, reduzir custos e fornecer um serviço excepcional aos seus clientes, o SimpliRoute é a solução que você precisa.

Poderá estar interessado em

Transporte Multimodal: O que é e exemplos
NOTÍCIAS

Transporte Multimodal: O que é e exemplos

O transporte multimodal, como o próprio nome indica, é a logística de transporte de mercadorias que envolve diversos modos de traslado.

Jun 11, 2024

Distribuição por Produto: Guia Completo
NOTÍCIAS

Distribuição por Produto: Guia Completo

No mundo empresarial atual, encontrar formas eficientes de produzir bens e serviços é fundamental para manter a competitividade. Uma estratégia que se mostrou especialmente eficaz nesse sentido é a distribuição por produto. Mas, o que é exatamente e como pode beneficiar seu negócio? Neste artigo, exploraremos em profundidade essa estratégia de produção.

Jun 11, 2024