Dicas - Sep 12, 2022

Gestor do Armazém: Que perfil deve ter?

Photo by the author

SimpliRoute

Logística

Indústria

Distribuição

Gestor do Armazém: Que perfil deve ter?

Sabe o que é preciso para ser um gestor de cave? O papel de gestor de adegas é importante e requer certas competências e qualidades. Se estiver interessado em tornar-se gestor de armazém ou estiver a pensar em contratar um, continue a ler para saber o que o trabalho implica e que tipo de pessoa é adequada para o trabalho.

O gestor do armazém é a pessoa encarregada das operações diárias num armazém. 

Esta posição implica frequentemente uma grande responsabilidade e é importante saber que tipo de perfil deve ter um gestor de armazém.

O que é um gestor de armazém

Os gestores de armazéns são responsáveis pelas operações diárias dos armazéns ou centros de distribuição. 

Eles supervisionam os trabalhadores e certificam-se de que tudo corre sem sobressaltos. 

Devem ser capazes de planear com antecedência e manter-se organizados, porque terão de acompanhar os níveis de inventário e assegurar que não haja faltas. 

Os gerentes de armazém também fazem a ligação com outros departamentos da empresa para garantir que tudo corre sem problemas.

O que faz um gestor de armazém

A função de um gestor de armazém é supervisionar as operações diárias do seu armazém ou centro de distribuição. 

Assegura que as mercadorias são recebidas e enviadas de forma eficiente e segura, e que são armazenadas no local certo. 

Ele também supervisiona o trabalho do pessoal do armazém e fornece-lhe orientação e apoio.

Isto significa que tem de ser capaz de gerir empregados, desenvolver horários e assegurar que as encomendas são cumpridas correctamente. 

Um gestor de armazém também tem de monitorizar os níveis de inventário e assegurar que não há falta de stock.

Os gestores de armazém trabalham em estreita colaboração com outros departamentos da sua organização, tais como vendas ou marketing, pelo que precisam de poder comunicar eficazmente com eles e com outros membros da gestão da sua empresa.

Quais são as principais funções de um gestor de armazém?

As principais tarefas de um gestor de armazém são:

  • Planeamento e organização do layout do armazém

  • Programar o pessoal para trabalhar em diferentes momentos e gerir as suas cargas de trabalho

  • Assegurar que os trabalhadores seguem procedimentos de segurança, incluindo a utilização de EPI (equipamento de protecção pessoal), tais como luvas e chapéus duros.

  • Planeamento de entregas diárias de fornecedores (controlo de stocks)

  • Monitorizar os níveis de stock e encomendar fornecimentos adicionais, se necessário.

Que competências e qualidades são exigidas para ser um gestor de armazém?

Estas são algumas das competências que precisa de ter como gestor de armazém:

Boa capacidade de comunicação

Os gestores de armazéns trabalham frequentemente como parte de uma equipa, por isso é importante que sejam bons oradores e bons ouvintes. 

Devem ser capazes de comunicar clara e eficazmente com os membros da sua equipa, bem como com as pessoas com quem interagem diariamente.

Capacidade de organização

Os gestores de armazém devem ser organizados e preparados para qualquer situação que possa surgir. 

São responsáveis pela supervisão de todos os aspectos do armazém, o que significa que devem estar sempre preparados para lidar com uma situação de emergência ou inesperada.

Capacidade de resolução de problemas

Os gestores de armazéns enfrentam problemas regularmente, pelo que precisam de saber como resolvê-los rapidamente. 

Também precisam de fortes capacidades analíticas para poderem encontrar soluções para problemas comuns que ocorrem nas adegas.

Competências informáticas

Qualquer empresa que queira ser bem sucedida precisa de ter um bom controlo do seu inventário. 

É por isso que é tão importante ter um líder forte no comando da adega. 

Tem de ser capaz não só de acompanhar o que entra e o que sai, mas também de utilizar a tecnologia em seu benefício.

Hoje em dia, isso significa ter fortes conhecimentos informáticos. 

Um bom gestor de armazém deve ser capaz de utilizar software informático para controlar os níveis de inventário, criar relatórios e até mesmo fazer encomendas. 

Deve também sentir-se à vontade para utilizar o correio electrónico e outras formas de comunicação. 

Estas competências ajudá-lo-ão a manter o armazém organizado e a manter os resultados da empresa positivos.

Portanto, se estiver a pensar numa carreira na gestão de armazéns, certifique-se primeiro de aperfeiçoar os seus conhecimentos informáticos. 

Fará a diferença na sua capacidade de ter sucesso neste campo em constante mudança.

Capacidade de trabalhar sob pressão

Num armazém há sempre prazos a cumprir e produtos a enviar, e pode ser fácil sentir-se sobrecarregado.

Portanto, uma das competências mais importantes que um gestor de armazém pode ter é a capacidade de trabalhar sob pressão. 

Quando as coisas estão a avançar rapidamente e há muito a fazer, é essencial ser capaz de se manter calmo e concentrado. 

É também importante poder delegar tarefas e gerir outras de forma eficaz. 

Afinal de contas, um mestre de adega não pode fazer tudo sozinho. 

Isto leva-nos à próxima habilidade que um gestor de armazém deve ter.

Ser um bom líder e motivador

A capacidade de um gestor de armazém para motivar e liderar a sua equipa é essencial para o bom funcionamento da operação. 

Um bom líder é capaz de manter altos níveis de produtividade enquanto mantém o moral elevado, e isto pode ser um desafio num ambiente de trabalho de ritmo acelerado, como um armazém.

No entanto, é essencial que um gerente de adega seja capaz de manter a sua equipa no bom caminho e inspirada. 

Há algumas coisas chave que um bom líder fará para assegurar que a sua equipa se mantenha motivada. 

Em primeiro lugar, estabelecer metas e objectivos claros. 

Em segundo lugar, fornecerá informação e reconhecimento numa base regular. 

Finalmente, irá criar um ambiente de trabalho positivo e de apoio. 

Ao fazer estas coisas, um gestor de armazém pode ajudar a sua equipa a manter-se concentrada e motivada, o que é essencial para o bom funcionamento da operação.

Que formação deve ter um gestor de armazém?

Se tiver as competências e qualidades necessárias e estiver interessado em tornar-se um gestor de cave, há várias maneiras de o conseguir. 

Uma opção é a obtenção de um diploma ou diploma em gestão empresarial ou logística. 

Outra opção é ganhar experiência a trabalhar numa adega e, após anos de experiência, candidatar-se a um cargo de gestão. 

Também é possível encontrar um emprego como gestor de armazém sem quaisquer qualificações formais, embora isto seja menos comum.

Seja qual for o caminho escolhido, se tiver as competências e qualidades necessárias, pode ser bem sucedido no papel de gestor de adegas.

Qual é o perfil profissional de um gestor de armazém?

Um gestor de armazém deve ter um bom conhecimento das operações quotidianas de um armazém. 

Isto inclui saber como receber e armazenar o inventário, como recolher e embalar encomendas, e como carregar e descarregar camiões. 

Deve também estar familiarizado com o mais recente software de gestão de armazéns, uma vez que pode ajudar a racionalizar as operações e a melhorar a eficiência. 

Além disso, o gestor do armazém deve ser capaz de resolver problemas e tomar decisões em situações difíceis. 

As capacidades de comunicação e organização são também importantes, uma vez que terá de coordenar o trabalho de uma equipa de empregados. 

Por último mas não menos importante, o gestor do armazém deve ser honesto e digno de confiança.

Com a formação adequada, um gestor de cave pode ser um bem inestimável para qualquer empresa.

SimpliRoute: o software de optimização de rotas para a sua empresa

O software de optimização de rotas ajuda as empresas a melhorar a eficiência do seu despacho. 

Isto reduz os custos de combustível e as emissões de CO2 e aumenta a satisfação do cliente.

A utilização de software de optimização de rotas tem uma série de vantagens para a sua empresa:

Redução dos custos de manutenção dos veículos: Se conseguir minimizar o número de quilómetros percorridos, isto reduz o desgaste dos veículos de entrega, o que significa menos reparações. 

Isto também significa menos tempo de paragem, o que melhora a produtividade.

Melhoria dos níveis de serviço ao cliente: Os clientes querem que as suas entregas sejam feitas a tempo e de uma forma profissional. 

O software de optimização de rotas SimpliRoute assegura que cada condutor tem uma rota eficiente que optimiza o seu tempo de viagem.

Redução do consumo de combustível: Conduzir sem rumo é ineficiente e intensivo em combustível, mas com o software de optimização de rotas é possível calcular a forma mais eficiente de passar de A para B tendo em conta uma série de factores. 

Isto significa que irá consumir menos combustível e, portanto, fazer poupanças significativas de combustível.

pegada de carbono é reduzida: Quando optimiza as suas rotas, pode reduzir as emissões de carbono.

Poderá estar interessado em

Conhecimento de Transporte Mexicano: O que é, para que serve e como SimpliRoute o ajuda com este regulamento.
CARACTERÍSTICAS

Conhecimento de Transporte Mexicano: O que é, para que serve e como SimpliRoute o ajuda com este regulamento.

Esta normativa obliga a quienes transporten bienes y mercancías a portar esta factura electrónica en México.

Sep 15, 2022

Fiestas Patrias en Chile y México: Crisis Económica Causa Moderación en el Movimiento Comercial
NOTÍCIAS

Fiestas Patrias no Chile e México: Crise Económica Causa Moderação no Movimento Comercial

Como é que a crise económica global afecta o consumo antes das Fiestas Patrias no México e no Chile? Aqui vos contamos tudo sobre isso.

Sep 14, 2022