Vamos conversar

Notícias -Feb 21, 2024

Redução de Perdas: Como Calculá-las e Diminuí-las no Armazém

Photo by the author

SimpliRoute

Logística

Indústria

Distribuição

O controle da gestão é um dos elementos mais cruciais para o êxito de qualquer empresa. Mesmo que a maioria das empresas tenha todas as ferramentas necessárias para prevenir doenças, estas ainda ocorrem com frequência excessiva. Neste artigo, abordaremos como calcular e reduzir as perdas no armazenamento, visando aprimorar os lucros e maximizar a eficiência.

As perdas, mesmo que pareçam insignificantes, podem ter um grande impacto em um negócio, aumentando os custos e reduzindo os ganhos.

Embora as perdas sejam uma parte natural dos negócios, é importante tentar reduzi-las na medida do possível.

O que são as perdas:

As perdas são a perda ou deterioração do inventário devido a uma variedade de fatores, como danos no comércio, vencimento na data de validade, erros no processo de recebimento e envio, falta de organização no armazém e problemas de rotação de inventário.

Essas perdas podem ser causadas por fatores internos do negócio, como mão de obra sem experiência ou locais de armazenamento inadequados, bem como por problemas externos, como mudanças na demanda do mercado ou problemas com fornecedores.

Por que é importante controlar as perdas no armazém:

Em qualquer indústria, é crucial controlar as perdas no armazenamento para aumentar os níveis de produtividade, evitar perdas financeiras e aprimorar o gerenciamento de inventário.

Se não forem controladas, as perdas podem aumentar os custos e reduzir os ganhos, além de causar excesso de inventário, o que pode levar a problemas de espaço e dificuldades na rotação do inventário.

Embora o controle das perdas seja especialmente crucial em negócios com inventários perecíveis ou com datas de validade, qualquer negócio pode ser afetado por elas.

Como calcular as perdas no armazém:

As perdas podem ser definidas como a diferença entre o relato do inventário físico e as existências registradas nos registros do inventário.

Essa diferença pode ser atribuída a fatores como roubo, danos, obsolescência e desperdício.

Por exemplo, se uma loja tiver dez unidades de um determinado produto em seus registros de inventário, mas apenas nove quando contadas fisicamente, a diferença será considerada uma perda de uma unidade.

Principais causas das perdas no armazém:

As perdas podem ter várias causas, sendo importante conhecer as mais comuns para poder tomar medidas preventivas.

Erros humanos, falta de organização no armazém, problemas na rotação de inventário, danos no comércio e roubo são algumas das causas mais frequentes.

É essencial compreender que essas causas podem estar interconectadas, e um problema em uma área pode afetar outras. Por exemplo, a falta de organização no armazém pode aumentar o risco de danos ao comércio e dificultar a rotação do inventário.

Conselhos para reduzir as perdas no armazém:

Uma vez identificadas as causas habituais das perdas, é importante tomar medidas para reduzi-las.

Aumentar a segurança, implementar procedimentos de controle de inventário, melhorar a organização do armazém, oferecer treinamento aos funcionários e avaliar e aprimorar os processos de recepção e envio de mercadorias são algumas das medidas recomendadas.

Trabalhar de forma colaborativa e sistemática, monitorando continuamente os processos, é fundamental para obter resultados positivos.

As perdas podem ter um impacto significativo nos resultados de qualquer empresa, por isso é crucial conhecer as causas mais comuns e tomar as medidas necessárias para evitá-las.

Maximize a eficiência com o Software de Otimização de Rotas da SimpliRoute!

Nosso software é a solução ideal para ajudar sua empresa a aprimorar a eficiência, aumentar a produtividade e simplificar o processo de planejamento de rotas.

Você pode reduzir significativamente o tempo que os motoristas gastam tentando encontrar a melhor rota para chegar a um destino, resultando em uma economia considerável de combustível, custos de mão de obra e outros gastos relacionados a deslocamentos desnecessários.

Nossa tecnologia também fornece informações detalhadas sobre cada viagem, permitindo um acompanhamento preciso do fluxo de trabalho para medir o desempenho e tomar decisões estratégicas mais informadas.

Com o software de otimização de rotas da SimpliRoute, sua empresa poderá aumentar drasticamente a eficiência nos processos de entrega e proporcionar uma resposta mais eficaz.

Poderá estar interessado em

Logística em Eventos: O que Deves Ter em Conta
NOTÍCIAS

Logística em Eventos: O que Deves Ter em Conta

Ao organizar um evento, muitos detalhes são meticulosamente planejados e coordenados para garantir o sucesso. A logística do evento é uma das áreas críticas que às vezes passa despercebida, mas pode tornar um evento memorável.

Apr 9, 2024

Processo de distribuição: Como otimizá-lo
NOTÍCIAS

Processo de distribuição: Como otimizá-lo

Para garantir a fluidez e eficiência no transporte de mercadorias e materiais, é essencial otimizar o processo de distribuição. Existem várias maneiras de otimizar esse processo, e cada uma delas traz diferentes benefícios para o empregador.

Apr 9, 2024